quando-devemos-fazer-calagem
Produção Rural

Calagem: O Que É, Para Que Serve, Benefícios e Como Fazer?

A calagem é uma técnica muito utilizada nas propriedades rurais brasileiras e é considerada uma das práticas agrícolas mais tradicionais. O seu objetivo é dar ao solo a textura e estrutura necessárias para o desenvolvimento da lavoura — ou do pasto.

Mas, apesar de ser bastante popular, a calagem deve ser feita com cuidados, pois alguns aspectos técnicos precisam ser considerados para que ela seja bem-sucedida.

Neste artigo, você vai saber mais sobre a calagem, conhecer os seus benefícios e aprender a fazer o processo corretamente.

Leia também:

NR 31: O Que é, Qual a Importância e Suas Aplicações?
Software de Gestão Rural: 8 Dicas Para Escolha de um Bom Software!
Pragas da Soja: 9 Principais, Seus Danos e Forma de Controle!

O Que É Calagem do Solo e Para Que Serve?

o-que-e-calagem

Os solos brasileiros são ácidos em sua maioria — isso acontece, principalmente, pela presença de íons com origem na lixiviação de nutrientes, utilização de fertilizantes e pela cultura sem a devida reposição.

A calagem é uma das etapas do preparo do solo para o cultivo agrícola e consiste na aplicação de materiais de calcário (que tem pH básico) para neutralizar essa acidez.

A prática da calagem é muito benéfica para a produção, pois, além de tornar o solo mais propício para o crescimento da lavoura, ela tem bom custo-benefício. O custo para a calagem costuma ser de 9,6% do custo total da produção para agricultura de sequeiro e de apenas 2,1% para a agricultura irrigada.

Ainda assim, muitos produtores ainda negligenciam a calagem, pois não sabem calcular a quantidade necessária de calcário ou como fazer a aplicação corretamente.

Quais os Benefícios de se Fazer a Calagem?

Como você já sabe, a principal vantagem da calagem é a correção do pH do solo antes da plantação. Isso, além de fornecer as condições que a planta precisa para se desenvolver bem, ainda fornece nutrientes como cálcio e magnésio para a lavoura.

Conheça outros benefícios da calagem:

  • Neutraliza o alumínio tóxico que prejudica o desenvolvimento das raízes;
  • Facilita o aproveitamento de nutrientes como fósforo, nitrogênio, potássio e enxofre;
  • Reduz a lixiviação;
  • Promove o aumento da atividade microbiana e a liberação de matéria orgânica do solo.

Todos esses benefícios têm como consequência o aumento da produtividade das culturas.

Como a Calagem Age no Solo?

Quando a calagem é aplicada ao solo, ocorre uma série de reações que resultam na redução da acidez. Assim que o calcário entra em contato com a água, são formados íons de cálcio e magnésio e ânions. Esses ânions são utilizados na redução da acidez do solo (pois as reações aumentam o pH) e na neutralização do alumínio. 

Por isso, é importante que o solo esteja úmido no momento da aplicação da calagem — afinal, a reação com a água é fundamental para que os objetivos da calagem sejam atingidos. 

Quando Devemos Fazer a Calagem?

calagem

A calagem não atinge os níveis ideais de correção imediatamente. Por isso, ela deve ser feita pelo menos três meses antes da semeadura. É nesse período que o calcário atinge o seu primeiro pico de correção. 

Esse tempo pode ser diminuído para um período entre 45 a 60 dias após a calagem caso seja utilizado um Poder Relativo de Neutralização Total (PRNT) acima de 90%. Com o PNRT abaixo de 90%, o ideal é que se espere mesmo os três meses para a adubação e semeadura.

Como Fazer a Calagem de Forma Adequada?

Mesmo trazendo tantos benefícios para o solo, a calagem deve ser feita apenas quando necessário. O excesso de calcário e a sua má aplicação podem ter efeitos negativos, como a erosão do solo e a mineralização da matéria orgânica.

É por isso que é tão importante fazer a calagem de forma adequada. Confira o passo a passo!

Faça a Amostragem do Solo

O primeiro passo para fazer a calagem é medir o pH do solo. Isso é feito em laboratório após a coleta de amostras.

A coleta deve ser representativa de toda a área que será plantada. Para isso, deve ser feita uma extração em cada gleba, fazendo um caminho em zig zag. As amostras devem ter o mesmo volume e ser coletadas na mesma profundidade.

Envie as Amostras para o Laboratório

Depois de coletadas, as amostras devem ser embaladas em sacos plásticos, para evitar a contaminação, e enviadas ao laboratório para que a análise seja feita.

Cada embalagem deve ser devidamente identificada com dados como data, local da coleta e nome do responsável.

Defina a Dose de Calcário

Com o resultado da análise em mãos, é hora de definir o tipo de calcário que será utilizado na calagem — com mais ou menos magnésio. Os calcários são classificados pelo seu PRNT e, quanto maior esse valor, menor a quantidade necessária para a aplicação.

Quando a quantidade recomendada de calcário é elevada, a aplicação deve ser dividida em duas partes, para evitar o risco de supercalagem (ou calagem em excesso). geralmente, uma dose é considerada elevada quando é superior a 4 t/ha para solos argilosos ou superior a 2 t/ha para solos arenosos.

Faça a Calagem

O calcário deve ser incorporado ao solo de maneira uniforme, até a profundidade de 20 cm. Ele pode ser distribuído de duas formas: a lanço (manualmente) ou com aração e gradagem.

Perguntas Frequentes

Para ajudar você a entender melhor o que é calagem e quais são os seus efeitos em uma lavoura, vamos responder a seguir as principais dúvidas sobre o tema!

Qual é a Etapa de Preparo do Solo?

A calagem é a terceira etapa da preparação do solo. Ela deve ser feita depois da limpeza do local e da coleta de amostras. Após a calagem, o próximo passo é a adubação, que também deve ser feita antes da semeadura.

Calagem Corrige e Nutre o Solo?

Sim. Além de corrigir o pH do solo e deixá-lo nas condições ideais para o plantio, a calagem também fornece nutrientes como cálcio e magnésio, que serão absorvidos pelas plantas. A aplicação de calcário no solo ainda facilita o aproveitamento de alguns outros nutrientes, como fósforo, nitrogênio, potássio e enxofre, entre outros.

Economize Tempo no Controle da Sua Propriedade Adotando um Software de Gestão Agrícola

Um software de gestão agrícola pode ajudar você a controlar todos os processos da sua propriedade — incluindo a calagem e outras etapas da preparação do solo, semeadura, compra de insumos, estoque e até mesmo as vendas de produtos.

A EasyFarm é um sistema completo que permite ainda o controle de outras áreas do negócio, como contabilidade, finanças, gestão de pessoal e de manutenção de equipamentos.

Faça um teste grátis por 7 dias e veja como a EasyFarm pode tornar o seu trabalho muito mais eficiente!

Continue lendo…

Ciclo da Soja: O Que É, Qual a Duração e Quais as Etapas?
Software de Gestão Rural: 8 Dicas Para Escolha de um Bom Software!
NR 31: O Que é, Qual a Importância e Suas Aplicações?

Raphael Ivan

Programador apaixonado e entusiasta do Agronegócio, fundador e CEO da easyfarm. Sonha em voltar a produzir café, principalmente para sustentar seu vício pela bebida.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *