adubo-foliar
Produção Rural

Adubo Foliar: O Que É, Benefícios, Cuidados e Como Aplicar?

Para que a lavoura cresça, é fundamental que as plantas estejam com os nutrientes em dia. A adubação é uma das formas de garantir que isso aconteça. Quando adubamos uma planta, fornecemos a ela micro e macronutrientes que não são encontrados naturalmente no solo, garantindo que ela tenha o que precisa para se fortalecer.

O mais comum é a aplicação de fertilizantes na terra, mas há também a possibilidade da adubação foliar, que é a aplicação desses produtos diretamente nas folhas.

Neste artigo, você vai conhecer melhor essa técnica e seus benefícios além de tirar as principais dúvidas sobre o tema.

Boa leitura!

Leia também:

Ciclo da Soja: O Que É, Qual a Duração e Quais as Etapas?
Software de Gestão Rural: 8 Dicas Para Escolha de um Bom Software!
NR 31: O Que é, Qual a Importância e Suas Aplicações?

O Que É Adubo Foliar?

o-que-e-adubo-foliar

A adubação foliar é uma técnica que fornece nutrientes às plantas pelas folhas, e não pela raiz, como acontece na adubação tradicional. 

No entanto, ela não pode ser considerada uma substituta da técnica convencional, mas sim uma técnica complementar. Isso acontece porque a quantidade de nutrientes normalmente envolvida no cultivo é superior à quantidade que pode ser absorvida pelas folhas.

A adubação foliar também é uma excelente forma de suplementar a planta. Ou seja, fornecer nutrientes a mais do que o necessário, com o objetivo de aumentar a produtividade e melhorar a sua resistência contra pragas. A técnica também pode ser utilizada para corrigir deficiências nutricionais identificadas após a análise das folhas.

Quais os Benefícios da Adubação Foliar?

Quais os Benefícios da Adubação Foliar?

A adubação foliar pode trazer uma série de benefícios para a lavoura. Conheça os principais:

  • É mais fácil obter uma distribuição uniforme de nutrientes em comparação à aplicação de alguns produtos via solo;
  • Em casos de deficiência de nutrientes, a absorção do nutriente aplicado é quase imediata;
  • As deficiências podem ser corrigidas durante o ciclo de crescimento;
  • Sua aplicação é mais eficiente nas etapas mais tardias do crescimento em comparação à aplicação radicular;
  • As doses aplicadas nas folhas são muito menores do que as aplicadas no solo; com a adubação foliar, o produtor consegue contornar restrições de absorção de nutrientes pelo solo. 

Como Utilizar Corretamente o Adubo Foliar?

como-utilizar-adubo-foliar

O primeiro passo para saber como fazer adubação foliar da maneira mais adequada é entender em quais momentos essa técnica deve ser utilizada. 

A adubação foliar é considerada uma opção quando:

  • A planta está recebendo baixa quantidade de nutrientes;
  • Há necessidade de evitar o contato com o solo para minimizar a interação por reações químicas com alguns nutrientes;
  • A planta não está captando água com a intensidade devida ou;
  • A planta está em um período crítico do seu crescimento.

Os adubos foliares podem ser encontrados prontos em lojas especializadas. Normalmente, a concentração e a mistura das soluções vendidas já são quimicamente compatíveis para que a sua eficácia seja garantida e as plantas não sejam prejudicadas.

É importante usar pulverizadores adequados para a aplicação, que ajudam a potencializar a quantidade de gotículas que se fixam nas folhas e, com isso, aumentam a absorção. Outro ponto de atenção é a necessidade de pulverizar o adubo foliar em ambas as superfícies da folha, tanto inferior como superior, pois isso favorece a absorção por parte da planta.

Quais Cuidados Tomar na Aplicação da Adubação Foliar?

Para que a adubação foliar seja eficaz e a planta consiga fazer a máxima absorção de nutrientes, é preciso que o produtor tome alguns cuidados considerando aspectos externos e internos da planta.

Fatores Externos

Um dos fatores externos que devem ser observados para a aplicação do adubo foliar é a luz, já que ela é utilizada pelas plantas na absorção e também favorece a translocação dos nutrientes. Outro fator importante é a disponibilidade de água no solo, pois ela mantém as células inchadas e isso favorece a penetração dos nutrientes na folha.

A temperatura é outro fator que inspira cuidados. De forma geral, a absorção de nutrientes aumenta em temperaturas altas e diminui com temperaturas mais baixas. A absorção foliar também é influenciada pela umidade atmosférica — quanto mais úmido o ambiente maior a absorção, pois a umidade mantém a planta hidratada. 

Por fim, não podemos deixar de lembrar que é importante que o produtor use pulverizadores adequados, que produzam gotas pequenas. As gotas grandes molham a folha em excesso e provocam gotejamento, fazendo com que a solução escorra para o solo.

Fatores Internos

Os fatores internos são aqueles que dizem respeito à planta, como a estrutura da folha. Cutícula fina, alta frequência de estômatos e grande número de ectodesmas são características que favorecem a absorção de nutrientes.

A composição química da folha também deve ser observada, pois cutículas mais hidratadas são mais permeáveis.

Outros fatores internos importantes são a idade da folha (folhas mais jovens absorvem melhor do que as adultas e velhas) e o seu estado iônico interno.

Perguntas Frequentes

Agora que você já sabe o que é adubo foliar e como fazer a sua aplicação corretamente, é hora de tirar algumas dúvidas sobre essa técnica. A seguir, listamos as perguntas mais frequentes e apresentamos as respostas. Confira!

Adubo Foliar Potencializa as Plantas?

Sim, por meio do fornecimento de nutrientes que são rapidamente absorvidos pelas plantas, a adubação foliar impulsiona e potencializa a produtividade da lavoura. 

Adubação Foliar Incrementa Produtividade?

A adubação foliar é uma técnica que tem o incremento da produtividade como um de seus objetivos. Isso acontece porque, ao fornecer nutrientes de rápida absorção às plantas, o produtor permite que ela se desenvolva e produza mais rapidamente.

O Custo Benefício do Adubo Foliar é viável?

A adubação foliar custa, em média, de R$ 50 a R$ 70 por hectare. Para saber se esse investimento vale a pena, você vai precisar fazer contas. 

Além do custo do adubo, você precisa considerar também a dose recomendada para a lavoura, o número de aplicações necessárias, o custo da aplicação, a resposta esperada em produtividade e o valor da venda do que está sendo produzido.

O que pode ser muito vantajoso para um produtor, pode não ser para o outro. Por isso, não deixe de colocar os seus custos na ponta do lápis antes de tomar uma decisão!

Economize Tempo no Controle da Sua Propriedade Adotando um Software de Gestão Agrícola

Um software de gestão agrícola pode ajudar você a tomar todas as decisões do seu negócio com base em dados — seja em relação ao adubo foliar ou outras questões.

A EasyFarm é um software que organiza todas as informações sobre a sua fazenda em um só lugar e gera relatórios completos em poucos segundos, para que você possa analisar todos os números antes de tomar decisões importantes para o futuro do seu negócio.

Além disso, a EasyFarm ajuda você na gestão de pessoal, estoque, maquinário e a manter em dia a sua contabilidade e saúde financeira.

Faça um teste grátis por 7 dias e descubra como a EasyFarm pode tornar o seu trabalho muito mais eficiente!

Continue lendo…

Gestão Estratégica: O Que É e Como Adotar na Propriedade?
Livro Caixa Digital do Produtor Rural: O Que É e Para Que Serve?
Isoporização da Cana: O Que É e Como Impacta na Produtividade?

Raphael Ivan

Programador apaixonado e entusiasta do Agronegócio, fundador e CEO da easyfarm. Sonha em voltar a produzir café, principalmente para sustentar seu vício pela bebida.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *